Representantes da AMNB fazem reunião com ministra Luiza Bairros

Por volta do meio dia desta quinta-feira (14),  as representantes de organizações de mulheres negras da AMNB, eleitas delegadas para a III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, reuniram-se com a ministra da Seppir (Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial), Luiza Bairros. Entre as pautas discutidas, estavam políticas específicas para mulheres negras.

A ministra falou da situação geral da secretaria, colocando as limitações do orçamento e estrutura, que obrigam a secretaria a priorizar algumas pautas. Numa avaliação geral da atuação da Seppir neste ano de 2011, ela apontou as duas prioridades: questões envolvendo a juventude negra (mortalidade, principalmente) e trabalho doméstico.

A ministra também convidou a AMNB para a reunião do CNPIR (Conselho Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial) que haverá em janeiro de 2012.

 

Anúncios

Documento da AMNB para a III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres – Defesa Intransigente do Eixo 9 “Enfrentamento do Racismo, Sexismo e Lesbofobia” aprovado na II CNPM

A Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras propõe, neste documento, uma introdução ao debate sobre as desigualdades sociais vivenciadas pelas mulheres em suas diferentes identidades de gênero, tendo em vista a III Conferências de Política para as Mulheres. Continuar lendo

Mulheres negras reúnem-se para definir estratégias de atuação e prioridades para a III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres

Nos dois antecedentes ao início da III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, cerca de 20 mulheres negras se reuniram em Pré-Conferência para articular estratégias de atuação no evento e eleger propostas prioritárias para serem reivindicadas e votadas por elas. A Pré-Conferência ocorreu em Brasília, nos dias 10 e 11 de dezembro, no auditório da Aben (Associação Brasileira de Enfermagem) e reuniu mulheres negras de organizações pertencentes à AMNB. Continuar lendo

Militantes negras na 14ª Conferência Nacional de Saúde

Mulheres negras no ato em defesa da saúde pública de qualidade

Profissionais da saúde, usuárias, conselheiras, articuladas em organizações específica ou não, as mulheres negras marcaram presença na 14ª Conferência Nacional de Saúde. A presença delas era visível em todos os espaços da Conferência, como grupos de trabalho, comissões e plenária final.

Continuar lendo

Coordenadora executiva da 14ª Conferência Nacional de Saúde, Jurema Werneck representa mulheres negras

Jurema Werneck na abertura da 14ª Conferência Nacional de Saúd

Mulher, negra, militante. Também médica, conselheira nacional de saúde e, neste ano de 2011, coordenadora executiva da 14ª Conferência Nacional de Saúde. Defensora da saúde pública de qualidade, Jurema Werneck, percorreu todo o Brasil este ano participando de etapas preparatórias e estaduais, mobilizando para a Conferência Nacional de Saúde. Coordenadora da ong Criola, que pertence à Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras, Jurema Werneck fez bonito na coordenação da conferência, e encheu de orgulho as mulheres negras – e homens negros também – que participaram dessa conferência. Continuar lendo

14ª Conferência de Saúde aprova carta à sociedade

Fonte: Portal da Saúde

Evento que contou com mais de 4.000 delegados de todo o país encerra suas atividades, registrando pontos para a defesa e sustentabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS)

A 14ª Conferência Nacional de Saúde foi encerrada neste domingo (04) com a aprovação do relatório e uma Carta da Conferência voltada à sociedade brasileira. O documento que sintetiza o debate desenvolvido no evento, que durou quatro dias. Os principais pontos estão descritos abaixo. As conferências de saúde são um marco do controle e participação social do Sistema Único de Saúde, reunindo mais de 4.000 delegados de todo o país, eleitos em seus estados e municípios ao longo deste ano em conferências locais.

“Esse é mais um momento histórico em que o Relatório Final é aprovado e uma declaração à sociedade também. Parabéns a todos os delegados. Viva o controle social e viva a democracia”, o ministro da Saúde e presidente da 14ª CNS, Alexandre Padilha. Para a coordenadora geral da 14ª CNS, Jurema Werneck, o momento é de celebração para a Saúde. “Estamos orgulhosos por participar desta Conferência, que representa um esforço democrático para mostrar ao país o que é realmente importante para a consolidação do SUS”, disse Jurema. Continuar lendo

Racismo e Sexismo em debate no Seminário Mulher e Mídia 8

Começou hoje (29) e vai até quinta (1/12) o Seminário Mulher e Mídia 8, que acontece no Rio de Janeiro e este ano debaterá o tema “Racismo e Sexismo na Mídia: uma questão ainda em pauta”. O evento é organizado pelo Instituto Patrícia Galvão, Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Fundação Ford e ONU Mulheres. Continuar lendo

“Quem ama abraça” – Campanha pelo fim da violência contra a mulher começa hoje (25/11) em mais de 160 países

Fonte: Agência Brasil e quemamaabraca.org.br

O Centro pela Liderança Global das Mulheres lança hoje (25) em mais de 160 países a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher. O período tem início no Dia Internacional da Não Violência contra as Mulheres e termina em 10 de dezembro, quando é lembrado o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Continuar lendo

Tuitaço hoje (25/11) pelo fim da violência contra a mulher – #DigaNão

Fonte: Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia das Nações Unidas

Nessa sexta-feira, 25 de Novembro, é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher. O Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia das Nações Unidas convida à todas e todos a participarem da Campanha #DigaNão à Violência Contra as Mulheres e Meninas nas Redes Sociais.

Esta iniciativa deve ser entendida como uma ação de toda a sociedade brasileira, comprometida com os valores e princípios dos direitos humanos e com o enfrentamento à violência contra a mulher. Continuar lendo

AMNB reafirma necessidade de ações específicas para mulheres negras na conferência de mulheres do Paraná

Abertura da 3ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres do Paraná

Nos dias 11 e 12 de novembro aconteceu, em Curitiba, a III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres do Paraná com o tema. A Conferência contou com a participação de mais de 500 lideranças femininas de todo o Paraná. Paralelamente à conferência estava acontecendo o VI Seminário Mulheres Negras e Saúde promovido pela Rede de Mulheres Negras do Paraná. Continuar lendo